Follow by Email

sábado, outubro 23

VENTO NO LITORAL

De tarde quero descansar
Chegar até a praia e ver
Se o vento ainda esta forte
E vai ser bom subir nas pedras

Sei que faço isso pra esquecer
Eu deixo a onda me acertar
E o vento vai levando
Tudo embora...

Agora está tão longe
ver a linha do horizonte me distrai
Dos nossos planos é que tenho mais saudade
Quando olhávamos juntos
Na mesma direção
Aonde está você agora
Alem de aqui dentro de mim...

Agimos certo sem querer
Foi só o tempo que errou
Vai ser difícil sem você
Porque você esta comigo
O tempo todo
E quando vejo o mar
Existe algo que diz
Que a vida continua
E se entregar é uma bobagem...

Já que você não está aqui
O que posso fazer
É cuidar de mim
Quero ser feliz ao menos,
Lembra que o plano
Era ficarmos bem...

Eieieieiei!
Olha só o que eu achei
Humrun
Cavalos-marinhos...

Sei que faço isso
Pra esquecer
Eu deixo a onda me acertar
E o vento vai levando
Tudo embora...


O Mundo Anda Tão Complicado letra
>Gosto de ver você dormir
Que nem criança com a boca aberta
O telefone chega sexta-feira
Aperto o passo por causa da garoa
Me empresta um par de meias
A gente chega na sessão das dez
Hoje eu acordo ao meio-dia
Amanhã é a sua vez

Vem cá, meu bem, que é bom lhe ver
O mundo anda tão complicado
Que hoje eu quero fazer tudo por você.

Temos que consertar o despertador
E separar todas as ferramentas
Que a mudança grande chegou
Com o fogão e a geladeira e a televisão
Não precisamos dormir no chão
Até que é bom, mas a cama chegou na terça
E na quinta chegou o som

Sempre faço mil coisas ao mesmo tempo
E até que é fácil acostumar-se com meu jeito
Agora que temos nossa casa
é a chave que sempre esqueço

Vamos chamar nossos amigos
A gente faz uma feijoada
Esquece um pouco do trabalho
E fica de bate-papo
Temos a semana inteira pela frente
Você me conta como foi seu dia
E a gente diz um pro outro:
- Estou com sono, vamos dormir!

Vem cá, meu bem, que é bom lhe ver
O mundo anda tão complicado
Que hoje eu quero fazer tudo por você

Quero ouvir uma canção de amor
Que fale da minha situação
De quem deixou a segurança de seu mundo

RETIRE DA MÚSICA  VENTO NO LITORAL:
A) DOIS VERBOS NA PRIMEIRA CONJUGAÇÃO:__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
B) TRÊS VERBOS NA SEGUNDA  CONJUGAÇÃO:__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
C) UM SUBSTANTIVO COMPOSTO:____________________________________________________
D) UM PRONOME DE TRATAMENTO:__________________________________________________
E)DOIS PRONOMES OBLÍQUOS:_______________________________________________________

RETIRE DA MÚSICA O Mundo Anda Tão Complicado :

A)UM VERBO NA TERCEIRA CONJUGAÇÃO:______________________________________________________________________

B)DOIS NUMERAIS:_________________________________________________________________

C)UM SUBSTANTIVO DERIVADO:_____________________________________________________
D)DOIS SUBSTANTIVOS COMUNS

E)TRÊS ARTIGOS DEFINIDOS COM O SUBSTANTIVO:___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

F) TRÊS PRONOMES POSSESSIVOS:______________________________________________________________________

G)DOIS ADJETIVOS:________________________________________________________________________


quarta-feira, outubro 13

PARA TRABALHAR PRONOMES

Exagerado"
Cazuza / Ezequiel Neves / Leoni
Amor da minha vida
Daqui até a eternidade
Nossos destinos
Foram traçados
Na maternidade...
Paixão cruel
Desenfreada
Te trago mil
Rosas roubadas
Pra desculpar
Minhas mentiras
Minhas mancadas...
Exagerado!
Jogado aos teus pés
Eu sou mesmo exagerado
Adoro um amor inventado...
Eu nunca mais vou respirar
Se você não me notar
Eu posso até morrer de fome
Se você não me amar...
E por você eu largo tudo
Vou mendigar, roubar, matar
Até nas coisas mais banais
Prá mim é tudo ou nunca mais...
Exagerado!
Jogado aos teus pés
Eu sou mesmo exagerado
Adoro um amor inventado...
E por você eu largo tudo
Carreira, dinheiro, canudo
Até nas coisas mais banais
Prá mim é tudo ou nunca mais...
Escreva os pronomes que você achou na música e identifique-os:
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

PARA TRABALHAR PONTUAÇÃO



Certo dia, num caderno,
Numa página inteira,
Deu-se a grande reunião
Dos sinais de pontuação,
Para decidir, no instante,
Qual é que é mais importante.

Chegou correndo, afobadão,
O Ponto de Exclamação,
Bufando, muito excitado,
Entusiasmado ou assustado.
_Socorro !
_Viva !
_Saravá !
_Dá o fora ! - sempre a berrar !

E logo, todo sinuoso,
A rebolar-se, entrou pimpão,
O enxerido e mui curioso
Dom Ponto de Interrogação:
_Quem é ?
_Por quê ?
_Aonde ?
_Quando ? - ele só vive perguntando...

E vêm as Vírgulas dengosas,
Muito falantes, muito prosas,
E anunciam: _Nós meninas
Somos as pausas pequeninas,
Que, pelas frases espalhadas,
São sempre tão solicitadas !

Mas já chegam os Dois-pontos,
Ponto-e-Vírgula, e pronto !
Tem início a discussão,
Que já dá em confusão:
_Sem por cima ter um ponto,
Vírgula é um sinal bem tonto ! -
Ponto-e-vírgula declara,
Arrogante, e fecha a cara.
 _Essa não ! Tenha paciência ! -
Intervêm as Reticências.
_Somos nós as importantes,
Tanto agora como dantes:
Quando falta competência,
Batam logo...Reticências !

Til e Acento Circunflexo,
Numa discussão sem nexo,
Cara a cara, bravos, quase
Se engalfinham. Mas a Crase
Corta a briga, ao declarar:
_Poucos sabem me empregar !
Me respeitem pois bastante,
Já que sou tão importante !

Mas Dois-pontos protestou:
_Importante eu é que sou !
Eu preparo toda a ação !...
E a e-nu-me-ra-ção !...

_É aqui que nós entramos !
Nós, as Aspas, e avisamos:
Sem nossa contribuição
Não existe citação !

A Cedilha e o Travessão
Já se enfrentam, mas então,
Bem na hora, firme e pronto
Se apresenta o senhor Ponto:
_Importante é o meu sinal.
Basta, Fim. PONTO FINAL.


(Este texto foi escrito por Samuil Marchak
e faz parte do livro
"Di-versos russos",
tradução e adaptação de Tatiana Belinky, Scipione)